20 fevereiro 2013

Cinquenta Tons de Cinza - E. L. James

Cinquenta Tons de Cinza
Título: Cinquenta tons de Cinza
Titulo Original: Fifty Shades of Grey
Autor: E. L. James
Editora: Intrinseca
Número de Paginas: 455

Sinopse: 

Quando Anastasia Steele entrevista o jovem empresário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. 

Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Grey admite que também a deseja - mas em seus próprios termos. 

Chocada e ao mesmo tempo seduzida pelas estranhas preferências de Grey, Ana hesita. Por trás da fachada de sucesso - os negócios multinacionais, a vasta fortuna, a amada família -, Grey é um homem atormentado por demônios do passado e consumido pela necessidade de controle. Quando eles embarcam num apaixonado e sensual caso de amor, Ana não só descobre mais sobre seus próprios desejos, como também sobre os segredos obscuros que Grey tenta manter escondidos...
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Olá gente, tudo bem com vocês?! Como passaram o feriado de Carnaval?! Leram, viajaram, viram filmes?! Bem, eu fiz um pouco de cada. Hoje especificamente, irei fazer a resenha de um livro que terminei ontem, 50 Tons de Cinza, da E. L. James (Editora Intrínseca) e comecei o 50 Tons Mais Escuros hoje e logo logo postarei a resenha dele para vocês. 

Eu procurei não ler resenhas, nem resumos, nem críticas, nem elogios sobre o livro, para então eu mesma formar minha opinião sobre ele. Peguei o livro emprestado da minha tia e lá fui eu... praticamente uma aventureira, já que apenas sabia que era um romance erótico e nunca tinha lido nada parecido antes. 

No começo, o romance não me empolgou, o jogo de gato e rato do Sr. Christian Grey com a Srta. Anastasia Steele parecia não ter fim nunca. Pretendo não dar spoilers, portanto o que vou falar é apenas uma opinião pessoal (mais um livro daqueles: ame-o ou deixe-o). 

Desde o começo já achei o Sr. Christian Grey O CARA. Sim, ele é dominador, possessivo, maníaco por controle e gosta de ver o sofrimento de suas submissas. Porém, consegui enxergar nele uma pessoa carente, sensível, generosa e muito, muito surpreendente. Sem contar que ele é LINDO e bem sucedido. Creio que essa versão dominadora do Sr. Grey é para ocultar uma sensibilidade que nem ele sabe que existe...até chegar a Anastasia (Srta. Steele). 

Quem usa essa linguagem hoje?! Acho charmoso o pronome de tratamento. Ele consegue me surpreender o livro inteiro e nem é com os açoites nem os momentos ardentes entre os dois, mas com as atitudes. Os e-mails espirituosos trocados, o fazer de tudo para protegê-la, ele se preocupa principalmente com o bem-estar dela e isso é cativante. 

Christian tem dois lados, e isso é notório. Ele trava uma luta interna a todo o tempo. E Anastasia desperta o melhor que há nele, talvez seja tão confuso pela história de vida forte que o acompanha. Mas, o sentimento inesperado pela “submissa” o faz mudar lentamente e até o faz fazer coisas que são novas para ele. O que a Srta. Steele tem que a difere das outras?! Em minha opinião, é seu espírito desafiador, de não aceitar tudo que é imposto por ele, seu poder de negociação, sua espiritualidade e sua inteligência. As outras submissas sempre faziam o que lhes era ordenado, sem ressalvas ou debates. É isso que torna o livro cativante e inteligente, gosto das respostas de ambos nos mais diversos momentos vividos. 

As experiências sexuais dos dois são detalhadas no livro, algo novo para mim (já mencionei que nunca tinha lido algo assim antes). Creio que, os jogos no “Quarto vermelho da dor” estejam amenos pela inexperiência de Anastasia, pelo pouco que ouvi, esperava mais alarde. 

Ontem terminei os 50 tons de cinza e hoje mesmo comecei o 50 tons mais escuros. Vamos ver o que acontece com essa história. Prendeu-me não pelos acontecimentos eróticos, mas pelo envolvimento emocional dos protagonistas, nutrindo então esperança de bons sentimentos nos corações mais “frios”. 

É isso, gente. Espero que tenham gostado. Semana que vem falo do segundo livro. 

E vocês? O que acharam?! Postem nos comentários. Até quarta! Beijocas!

7 comentários:

  1. Parabéns pelo texto! Descobri que o livro não é apenas um assunto sexual... acho que existe muito preconceito com ele, inclusive por ser um livro indicado ao público feminino. Quem nunca viu um homem torcer a cara ao ver uma mulher com 50 tons de cinza debaixo do braço, ou qual a mulher que não é julgada como tarada por querer descobrir mais dessa obra? Textos como o seu deveriam ser mais divulgados! Um abraço!

    ResponderExcluir
  2. Estou terminando o II da trilogia, confesso, estou apaixonada, não só pelos momentos eróticos e picantes do livro, ele nos faz raciocinar no quão complexo é a cabeça do ser humano, a moçinha se julga inferior as outras, não sabe o poder que tem, e se descobre atraente em todos os sentidos, o Homem poderoso, tão cheio de traumas, e problemas...tão inacreditáveis...estou lendo devagar, saboreando página, por página, tudo que é citação que desconheço busco na Net, adoorroo... sei que vou sentir saudades qdo acabar...

    ResponderExcluir
  3. Certo,
    Vendo pela sua ótica me pareceu um romancezinho bonitinho e água com açúcar. Eu já li os 3. Praticamente devorei os livros.
    Acho um bom romance, uma história bonitinha em que a mocinha consegue mudar o mocinho com 'seu charme e irreverência'.
    E bonitinho acompanhar as mudanças do Christian, mas é tão irreal que me dá raiva as vezes. E esse "pega, não pega" do começo do livro... só Jesus nessa causa.

    Beijos Rafinha
    Isabela Souza
    www.passaporteliterario.com

    ResponderExcluir
  4. ooi, coloquei o link do seu blog lá na minha página do face, depois dá uma olhadinha lá ^^
    http://www.facebook.com/bloglivroson/posts/381656155267006

    ResponderExcluir
  5. Tenho os 02 primeiros aqui em casa , mas não tenho ideia de quando começar, uns dizem que são bons outros dizem que tenho que passar longe, enquanto isso fico na duvida :(

    Beijos
    Camila Soares
    resenhandolivrosefilmes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Sinceramente é tanta gente falando que nem quero ler! Se tivesse lido antes (quando tinha lançado nos USA) eu podia até ter gostado mas agora...

    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Já li e recomendo rs'
    Quero ler 50 tons mais escuros mas não acho o livro em lugar nenhum :( SOCORRO

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem vindo!
Comente, opine, se expresse! Este espaço é seu!

Se quiser fazer contato por email, utilize o Formulário de Contato

Espero que tenha gostado do blog e que volte sempre! =)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Dicas de Livros - 2017. Todos os direitos reservados.
Layout feito por: Rafaela Regis.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo